Sistema imunológico – O exercício físico traz benefícios ao sistema imunológico?


O exercício físico traz benefícios ao sistema imunológico?

No último dia 21 de junho iniciou o inverno e não há dúvidas que é a estação mais charmosa do ano. Nada mais justo uma vez que caprichamos nas roupas para evitar o frio. Como conseqüência deste maior capricho, há um magnetismo que nos atrai na direção do sexo oposto e parte dessa atração vem da necessidade fisiológica de conservar a temperatura corporal, por isso a preferência por locais mais quentes e aconchegantes. Este é um claro exemplo de como os mecanismos homeostáticos constantemente modulam nosso comportamento. Sendo assim, é comum nesta época do ano querer estar perto de uma pessoa ou de várias, como exemplo disso danos preferência a ambiente fechados e com muitas pessoas.  No entanto, este comportamento é um dos fatores que favorece a transmissão de virótica, sendo outro fator o fato que as menores temperaturas e a menor quantidade de radiação ultravioleta, conseqüência das noites mais longas e os dias mais curtos, favorece a sobrevivência de vírus, por exemplo, as inúmeras variações do vírus da gripe.

Neste contexto o exercício físico tem um papel importante. Esta bem documentada na literatura cientifica que o exercício físico regular aumenta as defesas do organismo, tornando o praticante regular quase que imune as gripes sazonais. Mas antes de tudo questões como: quanto devo fazer e como devo fazer precisam ser respondidas para que o “tiro não saia pela culatra”. Por que o mesmo exercício quando feito sem planejamento e não prescrito por um profissional competente pode predispor seu organismo as infecções oportunistas.

Como fazer: Tenha algum parâmetro da intensidade do esforço realizado, consumo de oxigênio, lactacidemia, frequencia cardíaca, percepção de esforço, entre outros.  Pois é o exercício de moderada intensidade (50-70% VO2max) que se mostra mais eficiente em fortalecer o sistema imunológico. O mesmo não pode ser dito sobre o exercício de alta intensidade que parece deprimir o sistema imune.

Quanto fazer: Mantenha uma regularidade de 2-3 vezes na semana por pelo menos 30 minutos, sem exagero porque a realização de exercícios por tempo prolongado promove o aumento da atividade nervosa simpática e do eixo hipotálamo-hipofise-adrenal. Ambos relacionados a imunossupressão e o conseqüente aparecimento de infecções oportunistas.

1 comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s